top of page

Blog

20191018_113410.jpg

No dia 28 de janeiro, a Rede pelo Patrimônio Mundial realizou seu primeiro webinar sobre a importância de conhecer, valorizar e preservar o Patrimônio Mundial.


As cofundadoras da Rede, Lourdes Ballesteros e Vivian Feher, deram as boas-vindas às 16 novas escolas associadas à Rede localizadas na Espanha, no Brasil e em Equador.


O local do encontro foi o IES Santa Teresa de Jesús, no coração de Madrid. Desta forma, celebrou-se que a capital faz parte da lista do Patrimônio Mundial desde 2021, quando a UNESCO atribuiu o estatuto de valor universal excecional, na categoria de Paisagem Cultural, ao Paseo del Prado e ao Buen Retiro, conhecido como Paisagem da Luz.

O webinar foi acompanhado ao vivo pelos alunos do IES Santa Teresa e de forma online pelos alunos das demais escolas pertencentes à Rede.


O conceito de Patrimônio Mundial é amplo e um tanto complexo no início. Por isso o webinar deu uma visão geral sobre o assunto.


Após a apresentação e para facilitar o trabalho dos professores, foi enviado às escolas um vídeo introdutório sobre o Património Mundial, bem como uma proposta de atividades para trabalhar nas aulas.

11 visualizações0 comentário

Durante os 12 meses do ano, o calendário 2022 explica de forma sucinta conceitos sobre Patrimônio Mundial:


De Janeiro até Dezembro, você descobre:


1. O que é Património Mundial?

2. Quantos tipos de Patrimônio Mundial estabelece a UNESCO?

3. O que é patrimônio cultural?

4. O que é patrimônio natural?

5. O que é patrimônio misto?

6. O que é património transfronteiriço?

7. O que é Patrimônio Mundial em Perigo?

8. O que é Patrimônio Mundial Excluído?

9. Quantos bens estão na lista do Patrimônio Mundial?

10. O que é a Convenção sobre a Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural?

11. Quantos países assinaram a Convenção sobre a Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural?

12. Quais são os cinco países do mundo com mais Patrimônio Mundial?

O Calendário apresenta imagens que nos fazem viajar pelo Mundo

O Calendário inclui também algumas das comemorações e dias internacionais celebrados pela ONU com o objetivo de promover nas escolas e instituições o desenvolvimento de projetos de divulgação, valorização e preservação do Patrimônio Mundial e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

11 visualizações0 comentário

Por Vivian Feher F. Cardellach, Cofundadora de la Red por el Patrimonio Mundial


29 de diciembre 2021


Não é segredo que a base de todo progresso é a educação, o ensino e a motivação para estudar. Partindo dessa base, muitos de nós nos perguntamos em inúmeras ocasiões o que estamos ensinando aos nossos filhos e às gerações futuras. O que está falhando nas escolas, nas famílias, na sociedade? Ou melhor, o que falta para que ainda haja tanta falta de consciência ambiental e tanta indiferença dos jovens pelos problemas e injustiças globais?


Em 2015, as Nações Unidas criaram a Agenda 2030 com o objetivo de atingir 17 metas de desenvolvimento sustentável incríveis e inspiradoras em todo o mundo, que conhecemos como ODS. Hoje, praticamente entrando em 2022, estamos muito longe de alcançá-los, a menos que as coisas mudem radicalmente. Muitos esforços têm sido feitos de diferentes organizações, instituições, governo e nível empresarial, mas necessariamente muito mais precisa ser feito.


A participação de todos é fundamental e, principalmente, o apoio ao trabalho das organizações voltadas para o meio ambiente e a cultura, as crianças e as mulheres, a pobreza e a desigualdade social, a fome no mundo, o respeito, a paz etc.


Como a maioria das organizações, a Associação da Rede do Patrimônio Mundial apoia e divulga os ODS. Desenvolve este trabalho através da atuação junto a escolas, empresas e instituições comprometidas com o respeito e a valorização da diversidade cultural, natural e imaterial da humanidade. Um dos principais objetivos da Rede do Patrimônio Mundial é envolver o maior número possível de jovens e crianças em projetos para gerar impacto em suas escolas e compartilhá-lo com toda a comunidade internacional. São projetos que promovem o intercâmbio intercultural entre alunos de diferentes origens e condições, o que facilita às escolas contribuir para a promoção do respeito e da valorização da diversidade e para o desenvolvimento de competências socio emocionais.


Espera-se que o resultado do trabalho do projeto em escolas, webinars, palestras e atividades disponíveis para os membros da Rede do Patrimônio Mundial seja monumental. Da Rede temos o sonho de contribuir para a educação da cidadania global entre a nova geração de jovens e crianças inspirados na conservação da diversidade cultural e natural, para que possam liderar no futuro imediato de forma responsável e inspirar, por sua vez, aos atuais dirigentes de empresas e instituições para promover mudanças positivas.

Se quiser saber mais sobre o projeto, acesse: www.patrominiomundial.org

99 visualizações1 comentário
bottom of page